domingo, 14 de setembro de 2008

4 Skins - A Fistful Of 4-Skins


A banda 4 skins é uma banda operária oi! que foi formada no leste de Londres, Inglaterra. Foi formada em 1979 e terminou em 1984, só voltaram em 2007. Antes de lançarem álbuns eles contribuiram pra diversas coletâneas de Oi! juntos com as bandas Cockney Rejects, Cock Sparrer, The Business e Angelic Upstarts, com a música "One Law For Them". Tem como músicas conhecidas "Sorry", "Evil", "Chaos", "Plastic Gangsters" e "A.C.A.B (All Cops Are Batards)". Várias músicas da banda têm como temas a violência, mas ela é conhecida por não promover a violência. De início os integrantes da banda eram todos "skinheads", mas depois Steve Pear, rockabilly, e Hoxton Tom McCourt, mod, também entraram para a banda. Os integrantes da banda se conheceram pelo futebol, como Sham 69 e Menace.
A banda passou por diversas formações, apenas o Hoxton Tom McCourt baixo/vocais que esteve presente em todas as formações da banda. É interessante notar que membro da The Last Resort, Roi Pearce e guitarrista Paulo Swain logo entraram pra banda white power Skrewdriver.
Em 2007 a banda voltou com dois membros originais Gary Hodges nos vocais e Steve H Harmer no baixo com Cockney Rejects, Mick Geggus e Andy Russel, guitarrista e baterista respectivamente. O álbum "A Fistful Of 4-Skins" foi lançado pela Syndicate Records em 1983, é o segundo álbum da banda.

Tracklist:
01- Five More Years
02- Waiting For A Friend
03- Johnny Go Home
04- The Gambler
05- I'll Stick To My Guns
06- On File
07- Forgotten Hero
08- The Spy From Alaska
09- H.M.P.
10- No Excuse
11- Betrayed
12- City Boy
13- New War
14- On The Streets
15- Saturday (Demo)

4 comentários:

Z disse...

"É interessante notar que membro da The Last Resort, Roi Pearce e guitarrista Paulo Swain logo entraram pra banda white power Skrewdriver."
Amigo a maioria dessas bandinhas oi dos anos oitenta tinha um nazistinha na formação.

Anônimo disse...

e verdade mesmo isso? mais mesmo assim eles ficaram so um ano na banda

Anônimo disse...

Não é bem assim. " A maioria das bandas..." isso não existe cara. Claro que existia gente que pensava ou seguia tendências da extrema direita, mas A MAIORIA era sim da esquerda ou extrema esquerda. É só ler um pouco mais a história destes movimentos, o street, ....

lemmy disse...

Tem como arrumar o link do download desse álbum?